Danillo Rodrigues de Farias

3 Artigos

Leituras: 928 pessoas leram seus artigos

Agradecimentos: 107 pessoas curtiram seus artigos

Colunista desde: 06/2023

Site: https://allmylinks.com/danillodiamond

SOBRE O RESPONDEDOR:

Danillo Rodrigues De Farias é Corretor de Imóveis com formação em Direito e Letras portugues, está entre os TOP 200 corretores(as) possuindo conhecimento em diversas áreas como: Jurídico Imobiliário, Negociação, Imóveis, Financiamento, Condomínio e etc, possuindo um total de 3 artigos publicados e mais 386 respostas em nosso fórum. Está no mercado imobiliário desde 2019 atuando principalmente nos bairros Zona leste, Zona norte, Zona sudeste, Zona sul e Timon-ma, e já trabalhou em empresas como: Imobiliária capitalize, José alves imóveis, Veja imóveis, Imobiliária rocha e rocha, Imobiliária farias, Garra imobiliária, Sodré imóveis e Cristina lopes imobiliária.

Ligar ou Enviar Mensagem? Eis a Questão

Corretor de Imóveis

Ligar ou Enviar Mensagem? Eis a Questão

14/05/2024

O mundo digital está cada vez mais complicado, às vezes, uma conversa de 5 minutos, ao telefone, resolveria algo que, por mensagem, pode demorar mais de horas, no entanto, as pessoas cada vez menos atendem telefonemas, pois já estão fartas das ligações enfadonhas de telemarketing. Já atendi uma pessoa, pessoalmente, que disse que havia abusado um outro colega corretor, poque sempre enviava mensagens com "posso te ligar" e me disse que ligação é para coisas urgentes, logo entendi que adquirir imóvel para este cliente, não era uma de suas prioridades para ficar tomando a sua atenção exclusiva. Por outro lado, as relações comerciais interpessoais desse mercado imobiliário atual, estão cada vez mais frias e distantes, tornar um cliente comprador fiel é cada vez mais difícil, e creio que uma maneira de se aproximar é fazendo ligações, por mais que a escrita crie, símbolos, regras de pontuação, ela não consegue expressar a mesma emoção que ouvir a voz do interlocutor, sem dizer que pra responder uma mensagem, eu posso pensar mil vezes antes de responder e em mais de mil formas de respondê-la, não precisando ser de imediato, bem como não responder. Juro que já tentei de várias estratégias para tentar conquistar o meu cliente e ser correspondido, mas eu sempre preferi ligar primeiro e depois enviar mensagem. Mas, mas atualmente, o contrário é o que está acontecendo, relações frias, cliente infiéis. O corretor de imóveis atual não sabe o que fazer, se ligar ou se enviar mensagem, o que fazer? É um dilema, uma dificuldade, qual a melhor técnica ou qual a melhor estratégia? Se ligo, sou chato, se envio mensagem não sou correspondido. Mensagens são frias e ligações incomodam. O fato é que o corretor deve buscar  tentar de tudo para a fidelização, persistir, insistir e não desistir, a união desses três poderes, podem trazer o sucesso em um negócio, nada nesse ramo é fácil, é necessário ter criatividade e paciência. A única certeza é que, o corretor de imóveis, deve tentar a todo custo um encontro pessoal, sendo essa a melhor maneira de estreitar as relações e tentar fidelizar o cliente.

Contrato de Gaveta e a Venda de Ágio de Imóvel Financiado

Vendas

Contrato de Gaveta e a Venda de Ágio de Imóvel Financiado

24/06/2023

 É comum vermos na internet pessoas anunciando a venda do ágio de algum imóvel financiado, uma prática muito comum no mercado imobiliário, o imóvel sai bem mais em conta e não tem toda a burocracia para se adquirir, sendo um meio rápido de receber uma comissão.  No entanto, a venda de ágio, por meio de contrato de gaveta, entre pessoas físicas, apesar de ser uma prática comum e a gente ver em todas as plataformas de anúncios e redes sociais, pessoas oferecendo "vendo ágio de apartamento" ou "vendo ágio de linda casa com piscina recém-construída", esse tipo de negociação é considerada fraudulenta desde o nascimento, ou seja, desde a origem, podendo ser considerada nula, caso não seja cumprida.  A maneira mais correta de se adquirir um ágio de uma casa ou apartamento, enfim, de um imóvel, em geral, é através da aprovação do crédito do cliente para adquirir o ágio do imóvel, do mesmo jeito como se fosse comprar diretamente do banco, o correspondente bancário, faz a aprovação do crédito do comprador, quando este tem a sua aprovação, o mesmo correspondente bancário, pode realizar a operação de transferência do saldo devedor de uma pessoa para outra. Essa é a forma mais correta de se adquirir um ágio de um imóvel com financiamento em curso. Em contrapartida, é mais comum, as pessoas ignorarem a figura do banco e realizarem o contrato de gaveta, uma prática que deve ser evitada, devido o alto risco da operação, pois por mais que o corretor tome as devidas precauções de colocar no contrato, de maneira clara, as condições da venda, buscar meios de garantir mais segurança pro comprador. Esse contrato e todos os meios utilizados, podem ser considerados nulos de pleno direito, pois o bem, na realidade pertence à instituição bancária, pois está alienado a ela.  Deixar de comunicar a instituição bancária a venda de um bem alienado, pode ensejar uma denúncia de quebra de contrato, assim, ela pode exigir a execução do saldo devedor de maneira integral e se nenhum dos "proprietários" do bem tiver esse dinheiro, é possível que o banco peça a busca e apreensão do bem e na pior das hipóteses, pode, inclusive denunciar o titular do financiamento por crimes como fraude ou estelionato a depender do caso e o comprador do ágio pode ser considerado um invasor.  Tal prática, apesar de ser bastante repetida e executada no meio imobiliário deve ser evitado, pois, o corretor fica vinculado a essa venda e esse tipo de negócio só se sustenta na confiança entre as partes e no princípio da inocência, sendo um terreno bastante escorregadio para quem quer se aventurar a vender esse tipo de produto pelo alto risco oferecido.

Ser Corretor de Imóveis: Realizar Sonhos

Corretor de Imóveis

Ser Corretor de Imóveis: Realizar Sonhos

16/06/2023

 Uma das profissões mais promissoras do mercado é a de um corretor de imóveis, a possibilidade de fazer um bom negócio e receber um "prêmio" comparado a de uma loteria com uma venda é possível nessa profissão, atraindo a curiosidade de muitas pessoas e desperta o interesse em, também, fazer parte desse meio.  Realizar sonhos, esse é o trabalho principal do corretor de imóveis, pois ele trabalha com aquilo que a maioria das pessoas deseja que é conquistar a casa própria e sair do aluguel, mas será que é fácil ser um corretor de imóveis?  Muita gente me pergunta como faço para vender imóveis? Para vender imóveis ou você nasce com o dom ou estuda para isso, ou une o útil ao agradável, estuda e aplica o seu dom inato fazendo um curso de Técnico em Transações imobiliárias, o TTI, tendo em vista que o corretor de imóveis é o profissional habilitado para realizar essa atividade, pois estudou e se formou para isso e pode dar todas as informações necessárias acerca do imóvel pretendido.  Somente fazer o curso de TTI não é o bastante, precisa ser maior de 18 anos, pois imóveis são bens muito valiosos e requer capacidade civil plena para ser exercida, por isso somente maiores de idade podem fazer o curso.  O outro requisito, também, muito importante, se diz. Sobre a formação mínima do corretor de imóveis, pois é necessário ter concluído o ensino médio ou, pelo menos estar em fase de conclusão para a pessoa estar apta a cursar.  A duração média para a formação do corretor varia de instituição para instituição, a carga horária, também, algumas exigem o estágio prático para que o corretor vivencie na prática o exercício da profissão que é muito importante para o aprendizado e para a vida profissional do corretor de imóveis.  Algumas instituições dispensam o estágio o que na minha opinião, é um erro, pois, é uma etapa importante do processo de formação profissional do corretor de imóveis e não deveria ser ignorada ou deixado de lado.  Ser corretor é realizar sonhos, ser corretor é objetivo de vida, tenho muito orgulho da minha profissão, pois trabalho com sonhos, inclusive, com os meus.

20922 danillo-rodrigues-de-farias