Como comprar um imóvel pela caixa

Publicado em

Como comprar um imóvel pela caixa

O processo de compra de um imóvel pela Caixa Econômica Federal geralmente envolve os seguintes passos:

  1. Pesquisa e seleção do imóvel: você pode comprar imóveis disponíveis no site da Caixa, e leilões ou por meio de corretores imobiliários. É importante verificar as condições do imóvel, localização, documentação e valores antes de prosseguir.
  2. Simulação de financiamento: A Caixa oferece a simulação de financiamento habitacional em seu site, onde você pode inserir dados como valor do imóvel, renda familiar, valor de entrada, prazo e outras informações relevantes para obter uma estimativa das condições do financiamento.
  3. Análise de crédito: Após a escolha do imóvel e a simulação do financiamento, é necessário avaliar a possibilidade de obter o crédito imobiliário. A caixa irá analisar sua renda, capacidade de pagamento, histórico financeiro e outros aspectos relevantes para aprovar o financiamento.
  4. Documentação: Após a análise de crédito, você deverá apresentar a documentação necessária para a contratação do financiamento. Esta documentação  pode incluir comprovantes de renda, documentos de identificação, comprovante de estado civil, entre outros.
  5. Contratação do financiamento: Após a análise de crédito de apresentação da documentação, o contrato de financiamento é elaborado e assinado. nesse momento, são definidas as condições do financiamento, como valor das parcelas, prazo, taxa de juros, entre outras informações.
  6. Registro do imóvel: Após a contratação do financiamento, o imóvel é registrado em nome do comprador e da Caixa Econômica Federal conforme as condições do financiamento.

Documentação: Em resumo, tanto o ITBI quanto o registro de imóvel são pagos para garantir a regularização e segurança da transação Imobiliária, atestando a legalidade da transferência de propriedade e a quitação dos tributos devidos.

O  ITBI (imposto sobre transmissão de bens Imóveis) é um tributo cobrado pela prefeitura municipal no momento da transferência da propriedade de um imóvel. Esse imposto tem a finalidade de registrar e formalizar a transação imobiliária, garantindo que a prefeitura tenha conhecimento da transferência de propriedade e possa cobrar o imposto devido.

Já o registro do imóvel refere-se a inclusão da transferência de propriedade do cartório de registro de imóveis, garantindo a segurança jurídica da transação. Esse registro serve para comprovar a propriedade do imóvel estabelecer a prioridade, garantindo que eventuais compradores futuros tenham ciência da transação realizada.

Após o pagamento do ITBI imposto sobre transmissão de bens Imóveis e do registro do imóvel, você pode precisar pagar outras taxas ou despesas associadas à aquisição ou transferência do imóvel. Alguns dos documentos adicionais que podem precisar de pagamentos que incluem:  certidão da matrícula do imóvel, Escritura pública, certidões negativas, despesas cartoriais.

Essas despesas variam de acordo com a localidade e a legislação Municipal, Estadual e Federal, portanto, é sempre recomendável consultar um profissional especializado e verificar quais impostos e despesas adicionais são necessárias para transferência do imóvel.

Faça um comentário

0 Comentários

Este artigo ainda não possui nenhum comentário!

Colunista

Vmrealize

Demais artigos deste autor

Ver todos 19 artigos

Cote seu Imóvel

Preencha abaixo os dados do imóvel que você procura e receba cotações dos corretores e imobiliárias especializados na região.

CPF Inválido!

Mensagem enviada com sucesso!
30360 vmrealize